Digite a palavra-chave

“Sentimentos humanos: origem e sentidos”

Obra apresenta conjunto de palavras e imagens expressando as emoções humanas.

Será lançado no próximo dia 17 de abril (quarta-feira), a partir das 19 horas no teatro do Colégio Santa Cruz, o livro “Sentimentos humanos: origem e sentidos”. De autoria do do professor Flávio Di Giorgi, Beatriz Di Giorgi e Cristiano Di Giorgi, a obra apresenta um conjunto de 75 palavras que expressam as emoções humanas, tais como amor, ódio, desejo, preguiça, orgulho, indignação, coragem, vergonha, entre tantas outras presentes na vida e no cotidiano de todos.

Os verbetes estão distribuídos em 13 capítulos que configuram grupos temáticos, organizados de acordo com uma identidade comum. Sobre cada um deles se explicitará a etimologia, a definição e seus significados contemporâneos, evidenciando a relação particular e inédita que o professor Flávio Di Giorgi estabelece entre a etimologia e o significado de cada sentimento. Em linguagem fluente, de fácil compreensão, os sentimentos são ilustrados por Alex Cerveny, Libero Malavoglia, Maria Eugênia e Vera Helena Ferreira, e por citações de textos poético-literários especialmente selecionados para a obra.

O livro foi editado pela Fundação Stickel, com o patrocínio de Itaú Cultural e Morlan. “Colaborar com a edição deste livro, que presta merecida homenagem ao espírito genial do Professor Flávio, é um enorme prazer. A obra se beneficia da combinação inteligente de estímulo à curiosidade com o prazer visual, seara perfeita para abertura de mentes e ampliação de universos”, revela Fernando Stickel, presidente da Fundação. Durante o lançamento do livro, será realizada uma homenagem póstuma ao prof. Flávio, que dedicou sua vida e carreira às aulas de Literatura Latina e humanidades em geral em várias universidades e no Colégio Santa Cruz.

“Sentimentos humanos: origem e sentidos” |Autoria: Flávio Di Giorgi, Beatriz Di Giorgi e Cristiano Di Giorgi |Ilustrações originais: Alex Cerveny, Libero Malavoglia, Maria Eugênia e Vera Helena Ferreira |Edição: Fundação Stickel| Lançamento: 17 de abril (quarta-feira), ás 19 horas, no Teatro do Colégio Santa Cruz, Av. Arruda Botelho, 255, Alto de Pinheiros, São Paulo-SP.

Fundação Stickel – Instituída em 1954 pelo casal Martha e Erico Stickel, a Fundação Stickel teve como proposta inicial atender crianças carentes afetadas pela tuberculose em Campos do Jordão (SP). Após permanecer inativa durante algum tempo, a entidade iniciou sua reestruturação em 2004 pelas mãos de Fernando Stickel, filho dos instituidores, e passou a atuar na capital paulista dando espaço às artes visuais ao lado do trabalho social e assistencial.

A partir de 2010, as ações foram concentradas na Zona Norte de São Paulo, principalmente nos bairros Brasilândia e Vila Nova Cachoeirinha. Sua missão é promover o desenvolvimento social através das artes visuais, proporcionando ao seu público-alvo melhores oportunidades de inserção social pelo trabalho, geração de renda e acesso à arte e cultura.

Todas as atividades e serviços colocados à disposição da comunidade pela Fundação Stickel são 100% gratuitos para o público atendido, e a instituição presta contas de suas ações com transparência e accountability. [www.fundacaostickel.org.br].