Digite a palavra-chave

Magy Imoberdorf

Magy Imoberdorf

Magy Imoberdorf

Nessa exposição a artista mostra suas novas criações, são 18 esculturas de parede, ou relevos de grande porte, há obras que chegam a ter dois metros de altura. São cenas simples representadas: uma senhora tricotando ao lado de dois cachorros; um casal e um menino; uma fruteira sobre uma bandeja; folhagens. Mas, vale dizer que alguns de seus últimos trabalhos caminham para a abstração. “Sempre trabalhei o figurativo, mas gosto de um tipo de figurativo contemporâneo, revisitado, misturado com a abstração”, diz. Nas obras deste tipo, Magy sobrepõe madeiras com diferentes recortes e cores e, dessa maneira, os relevos vão ficando cada vez mais espessos.

Ela também faz questão de deixar aparente os parafusos, indicando que função e estética estão juntos. Durante o período de sua exposição, Magy Imoberdorf participou de encontros promovidos pela Fundação Stickel com crianças, deficientes visuais, (considerando que sua obra é feita com relevos que permite a leitura pelo manuseio) e catadores de lixo (para mostrar como o uso de materiais reciclados pode se transformar num agradável processo de criação de objetos).

Data: de 4 a 24 de fevereiro de 2006
Local: Espaço Fundação Stickel