Digite a palavra-chave

Eventos

Segurança alimentar na Brasilândia

Três dias falando sobre alimentação saudável, hortas e perenes e soberania alimentar, assim foram recheados os workshops da Dra Clara Brandão na Brasilândia. Estes cursos fazem parte do projeto de sustentabilidade da Fundação Stickel na Brasilandia, dentro do Programa Transition Brasilandia. O programa, vem reunindo a comunidade para trabalhar as principais questões relacionadas com o território. Atualmente foram selecionadas as questões do Lixo, água e preservação da Cantareira, arte e cultura e segurança alimentar.

Muita prática, receitas e diversas informações importantes sobre a qualidade nutricional de algumas folhas verdes, consideradas mato, que eram muito comuns na alimentação de nossos avós, e que hoje não fazem parte da nossa dieta.

Plantas como a Ora pro Nobis e Moringa Oleífera, que além de grandes quantidades de ferro, cálcio e outros nutrientes, nascem em qualquer campo, e não precisam de rega ou cuidado.

Além destas plantas ainda existem diversas partes de plantas que atualmente são descartadas como a folha da mandioca, as sementes da abobora, as cascas da banana, tem muito mais nutrientes do que o que comemos atualmente. Dra Clara explica que a natureza é perfeita e que cada pedaço da planta traz uma parte da nutrição, e quando comemos toda a planta, ela nos dá a amplitude de nutrientes necessária.

Essa foi uma maravilhosa lição de soberania alimentar, mostrando que alimentar-se bem não depende de muito recurso financeiro e nem de alimentos importados, pode ser cultivado em qualquer local e que depende do resgate de tradições alimentares dos nossos avós e do cultivo nos locais públicos e privados disponíveis na comunidade.

O curso foi dado para três grupos de multiplicadores, merendeiras de diretoras de creches, agentes de saúde e comunidade em geral. A idéia agora, é que estas pessoas repassem esse conhecimento e possamos melhorar muito a qualidade nutricional e reduzir as doenças no local.

Multimistura

Uma das principais áreas de estudo da Dra Clara, é a fórmula da Multimistura. Popularizada pela Pastoral da Criança, essa fórmula criada pela médica já salvou milhares de vidas. Vários exemplos mostrados por ela, ilustram a história de grande parte da população infantil brasileira. São crianças desnutridas que depois de dois meses usando a multimistura na alimentação, recuperaram-se e puderam resgatar o desenvolvimento, que muitas vezes julgava-se perdido.

A multimistura utiliza além dos farelos de arroz e trigo, ainda a casca da mandioca, ou abóbora, e as sementes.

A receita de uma farofa instantânea, foi um dos maiores sucessos do curso. Onde são colocadas desde a farinha de milho, proteína de soja, farelo de trigo e arroz, além do gergelim. Só esta mistura, colocada junto à comida já fornece à pessoa a nutrição necessária. “O mais importante não é a quantidade, mas a variedade de nutrientes. E grande parte destes nutrientes estão nas coisas mais simples, e muitas vezes nas que são descartadas por nós na alimentação diária”, completa Dra Clara.

Mais informações no site: www.multimistura.org.br